Crianças confiam mais nos pets do que em irmãos

  1. Amo meu Gato
  2. Notícias
  3. Crianças confiam mais nos pets do que em irmãos

Um estudo de maio de 2016, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, revelou que as crianças costumam confiar e ser mais próximos de seus animais de estimação do que com seus irmãos.

Segundo o autor da pesquisa, o psiquiatra Matt Cassels, o que acontece é que os bichos oferecem apoio emocional "sem julgar o que os pequenos estão sentindo".

Cem famílias do Reino Unido participaram do estudo, ao longo de dez anos. Consideraram-se informações sobre comportamento social, desenvolvimento escolar e acadêmico, bem estar emocional e relações afetivas de cada criança.

Entabularam-se dados relativos ao relacionamento das crianças com seus bichos, tais como se a criança fazia confissões, se discutia, ou como brincava com eles. Os mesmos dados foram coletados sobre a relação com irmãos, para poder haver comparação.

O resultado foi que as crianças têm laços fortes com seus animaizinhos. O estudo também mostrou que as meninas, e as crianças que têm cachorros, tendem ainda mais a confiar mais nos bichos do que em irmãos. "Elas se voltam para os animais mesmo sabendo que eles não entendem o que está sendo dito", pontuou Cassels.

Para o autor da pesquisa, os bichos fazem o papel de ouvintes das crianças, sendo que propiciam um efeito terapêutico mais eficiente do que, por exemplo, escrever seus problemas em um diário.

Dê uma nota para esse conteúdo!

Avaliação média: 4.8
Total de votos: 6
Crianças confiam mais nos pets do que em irmãos