As Comidas Mais Perigosas para um Gato

  1. Amo meu Gato
  2. Cuidados
  3. As Comidas Mais Perigosas para um Gato

Alguns alimentos podem ser bem perigosos para um gato. Embora eles não tenham a natureza propícia a chafurdar no lixo feito os cães, seu convívio próximo aos humanos pode expô-los a riscos de intoxicação alimentar.

É óbvio que você já sabe, mas não custa lembrar: você não deve dar a seu gato nada que seja potencialmente tóxico ou venenoso, como medicamentos, drogas, álcool, etc.

Assim, elencamos uma pequena lista com os alimentos mais tóxicos para seu gato, para que ele possa viver muitos anos saudável e feliz.

[in_article]

Lírios e Orquídeas

Por mais estranho que possa parecer, gatos podem vir a comer folhas (ou pétalas) de flores.

Acontece que as plantas da família dos lírios e orquídeas têm uma toxina que pode levar as células renais do felino à morte. Sem tratamento imediato isso pode ser fatal para o bichano.

Os primeiros sintomas ocorrem dentro de três horas da ingestão: salivação, vômitos e depressão. Após seis horas o gato parecerá recuperado, mas esta é uma falsa impressão, pois seus rins já estarão danificados.

Caso você desconfie que seu gato possa estar intoxicado, procure o veterinário imediatamente, pois há tratamentos fáceis que podem salvar a vida do seu amiguinho.

[in_article]

Comigo-ninguém-pode e outras da mesma família

Não deveria ser surpresa para ninguém que esta planta seja muito perigosa para a saúde dos gatos, já que ela é conhecida, justamente por ser tóxica.

Estas plantas contêm cristais de ácido oxálico, que são como agulhas microscópicas, que causam irritação e queimaduras na boca do gato. Este efeito pode prejudicar a respiração do animalzinho.

Se você tiver uma planta dessas em casa e vir seu gato salivando muito (babando, mesmo), ou coçando a boca com as patinhas, talvez ele tenha sofrido uma intoxicação.

Felizmente a intoxicação por este tipo de planta não costuma ser fatal, mas até estar curado o gato poderá sofrer muita dor, dificuldades respiratórias, bem como poderá ficar impossibilitado de alimentar-se --- o que também é debilitante para o bichinho.

[in_article]

Alho e cebola

Os efeitos mais imediatos da ingestão de alho e cebola, em um gato, são vômito e diarreia.

Contudo, os efeitos da ingestão continuada destes alimentos (por uma ou duas semanas já é o suficiente) vão até a destruição dos glóbulos vermelhos do gato, o que causa um tipo severo de anemia.

E não é necessária uma grande quantidade para o gato ser intoxicado de alho e cebola: até mesmo o tempero em alguma comida "de gente" que o animalzinho venha a consumir já pode ser suficiente para causar estragos!

[in_article]

Chocolate

Gatos não costumam demonstrar muita predileção por chocolate, ainda bem.

Porque chocolate causa nos gatos hiperatividade (em doses baixas), problemas cardíacos e morte (em doses mais altas). Quanto mais cacau no chocolate, pior para o gato.

Não há níveis seguros de consumo de chocolate por parte de gatos.

O que fazer se seu gato parecer intoxicado

Não importa o quê: se seu gato estiver anormal, vomitando, babando, letárgico, ou qualquer sintoma, só o veterinário vai poder diagnosticar e tratar.

Com um pouco de atenção é possível garantir uma vida longa e feliz para nossos amiguinhos felinos, que vão retribuir o cuidado com amor incondicional.